WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
Oi, como posso ajudar?
(19) 3897-5700 | (19) 99700-9224 contato@castelopedrasepiscinas.com.br

Panozon P+

O que é?

O ozônio (O3), conhecido como oxigênio ativo, é um poderoso bactericida, algicida, fungicida e viricida (destrói esses microrganismos até 3.120 vezes mais rápido que o cloro), além de ser reconhecido como o mais seguro e eficaz método de tratamento de água do mundo, com aplicações em indústrias, piscinas, águas municipais, medicina e odontologia.

Por que é bom utilizar ozônio?

Aplicado na desinfecção da água, o ozônio faz o papel de agente microbiológico e oxidante, ou seja, é o único que combate todas as sujeiras existentes na água da piscina como: bronzeadores, óleos, hidratantes, maquiagem, filtros solares, fluidos do corpo, cabelos, suor, urina, fezes, secreções, vírus, bactérias, protozoários, algas e fungos.

Além disso, um dos principais diferenciais do ozônio é que ele elimina também as cloraminas (substâncias produzidas a partir da reação do cloro com as impurezas presentes na água), que são as verdadeiras vilãs das piscinas pois agravam problemas alérgicos e respiratórios, causam ardência nos olhos, ressecamento na pele e nos cabelos, descamação do esmalte das unhas, além de deixar cheiro desagradável na água e no corpo.

Porém, o ozônio deve ser sempre utilizado em conjunto com o cloro pois, além de ser uma exigência legal no país, possui ação residual. Assim, nadando em uma piscina com cloro e ozônio Panozon, você terá o benefício da proteção do cloro sem nenhum desconforto.

Ozônio no mundo

O conhecimento dessa tecnologia é recente no Brasil porque os equipamentos eram fabricados e comercializados somente fora do país. Desde a entrada da Panozon no mercado em 2000, foi possível desenvolver o mercado brasileiro com uma tecnologia confiável, eficiente e 100% natural. Isto possibilitou o rápido crescimento do ozônio no mercado de piscinas, tornando-o a principal alternativa ao tratamento convencional do cloro.

A tecnologia do ozônio para o tratamento de água é antiga. A cidade de Nice, na França, criou a primeira planta para a purificação de água para beber, utilizando a tecnologia ozônio já em 1906. Além disso, o ozônio é usado para o tratamento de água de piscinas residenciais, clubes, academias, hotéis, spa´s e ofurôs há mais de 40 anos em países como Estados Unidos, Alemanha, Canadá e França.